• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Trabalhador
MENU

Oficina sobre WhatsApp das Brigadas Digitais

Quer saber como se cria um grupo ou lista de transmissão? O engenheiro de dados Diego Dorgan ensina!

Publicado: 05 Outubro, 2021 - 13h49 | Última modificação: 05 Outubro, 2021 - 15h25

Escrito por: Maísa Lima

notice
O engenheiro de dados Diego Dorgan, que deu aula no curso Brigadas Digitais, da CUT

Autonomia tecnológica para o campo progressista. Só assim faremos o enfrentamento da extrema direita nas redes sociais. Afinal, o resultado das eleições de 2018, que colocou na Presidência do Brasil o genocida Jair Bolsonaro (ex-PSL) foi garantido pelo uso do WhatsApp para difundir um “pânico moral”.

A análise é de Diego Dorgan, professor da Universidade de Brasília (UnB) que ministrou uma oficina sobre o uso dessa rede social no curso Brigadas Digitais, que está sendo realizado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Diego salientou que essa estratégia de disseminação do ódio foi utilizada em toda América Latina, no velho jogo imperialista norte-americano de disputar os recursos naturais da região. “Foi assim que alavancaram candidatos alinhados com seus propósitos”, explicou o engenheiro de dados.

“Para difundir o ódio, os bolsonaristas atacaram a classe trabalhadora onde dói mais: no seio da família. Os grupos de WhatsApp ajudaram a isolar pessoas e destruir relações. Tudo isso por seguir a premissa de difundir ódio e medo. Se o grupo ficava violento, saíamos e deixamos o discurso único da direita dominar. Hoje temos uma nação que não consegue distinguir ficção de realidade”, lembrou Diego.

Uma vez compreendido isso, é hora de contra-atacar. E a tecnologia é um instrumento poderoso para fazer a disputa ideológica.

Como usar o WhatsApp

Muitos dirigentes sindicais e militantes já dominam o uso do WhatsApp, mas outros tantos não. E Diego deu dicas preciosas:

- Quer que sua mensagem saia em negrito? Digite asterisco (*) no início e no fim da frase;
- Quer a mensagem em itálico? Digite o sinal de underline ( _ ) no início e no fim da frase;
- É sempre bom mesclar emoji com o texto. “O texto não carrega o tom de voz, que é uma informação super importante na mensagem. O emoji ajuda a cobrir essa ausência”, ensina Diego, acrescentando que é mais fácil viralizar uma comunicação no WhatsApp se ela ao mesmo tempo informar e for divertida.
- Sempre que for falar de um determinado país na mensagem, coloque a bandeirinha dele;
- Vídeo, quanto mais espontâneo e original, melhor. “Não precisa de edição. E o ideal é que o vídeo seja feito na vertical, pois 90% dos acessos são pelo telefone celular. E grave de preferência como se fosse uma selfie.
Criando um grupo
- Escolha uma foto que o identifique e crie um nome chamativo. Tem que liberar para as pessoas darem bom dia, boa tarde, etc...
- Fazer a descrição do grupo e criar regras de conduta, tais como: proibida divulgação de pornografia; faltar com respeito aos membros do grupo, etc. Essas regras vão ajudar o administrador a coibir e punir exageros. Por isso tudo tem de estar muito bem explicado nas regras, evitando assim a acusação de estar praticando ditadura digital.

Lista de Transmissão

Entrega a mensagem individualmente e a pessoa, para receber, precisa ter seu número salvo no celular.

Segmentação de grupos na hora de criar a lista, é bem vinda, tipo: família, trabalho, igreja, etc.

Grupos de notícia e empregos costumam ter busca alta.

Para criar uma lista de transmissão, toque no menu no canto superior do aplicativo (app) e selecione “Nova Transmissão; escolha as pessoas que farão parte de sua lista de transmissão (deslizando a tela para baixo ou pode usar o campo de busca e digitar o nome. Ao encontrar é só clicar para selecionar).

A lista é criada sem nome, o que dificulta a gestão no dia a dia, então edite-a: Toque no menu superior direito da lista, selecione “dados da lista de transmissão” e dê um nome à ela.

Segurança

Na hora de configurar o grupo, pode-se decidir que apenas o administrador mande mensagens, ou deixar em aberto o debate. Nesse caso, é necessária a figura do moderador.

Para evitar que, em caso de perda da conta, outra pessoa tenha acesso aos seus dados e contatos, ative “confirmação em duas etapas”: toque no menu superior direito da tela inicial, selecione as opções “configurações” > “contas” > “confirmação de duas etapas”. Toque para ativar e insira sua senha de seis dígitos e um e-mail pessoal de recuperação, para o caso de esquecer a senha.