• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Trabalhador
MENU

Livro sobre ditadura e frente em defesa da soberania são lançados em Goiânia

Pinheiro Salles lança 1964: Golpe e Ditadura e parlamentares se organizam para defender o patrimônio nacional

Publicado: 31 Outubro, 2019 - 13h14

Escrito por: Maísa Lima

notice

O jornalista e advogado Antônio Pinheiro Salles lança nesta quinta-feira (31), às 18h30, na Livraria Palavrear (Rua 232, n° 338 - Setor Leste Universitário), em Goiânia (GO), seu 8º livro, uma agenda imperdível para os que lutaram ontem e todos e todas que hoje lutam pela democracia: 1964: GOLPE & DITADURA.

Pinheiro Salles ficou nove anos preso durante a ditadura militar no Brasil e sofreu as mais cruéis e inimagináveis torturas. No livro ele descreve com fidelidade histórica e precisão cirúrgica os principais fatos ocorridos no período.

Trata-se de um importante trabalho de resgate da verdade e da memória de um tempo que não se pode esquecer, "para que não deixemos que se repita", como reforça o autor. É muito válido como material didático para estudos da História Política do Brasil, tão necessários neste tempo de graves retrocessos da nossa democracia.

O lançamento tem o apoio do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Goiás (Sindjor-GO), do qual Pinheiro Salles é secretário de Assuntos Jurídicos, e do Intercâmbio, Informações, Estudos e Pesquisas (IIEP), de São Paulo.

Ato pela Soberania

Pinheiro compartilhou a bancada da Rádio Trabalhador (www.radiotrabalhador.combr) nesta quinta-feira com os presidentes da Central Única dos Trabalhadores no Estado de Goiás (CUT Goiás) e do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Federal do Estado de Goiás (Sintsep-GO), respectivamente Mauro Rubem e Ademar Rodrigues. Por telefone houve a participação de Lucieny Alves, diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego). Todos falaram sobre o Ato em Defesa da Soberania, Direitos e Empregos, que aconteceu nesta quarta-feira (30), em Brasília (DF).

“Num momento em que os direitos trabalhistas e sociais sofrem ataques constantes, quando muitas pessoas perderam o direito de se aposentar e vêm aí as reformas Administrativa e Tributária, o ato mostrou que a população está acordando. As pessoas estão se dando conta dos direitos que estão perdendo e a hora é de resistência. Recuar jamais”, disseram os sindicalistas, acrescentando que estão animados para o enfrentamento.

Por falar em soberania, ainda nesta quinta-feira, às 15 horas, será lançada no Plenário da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania. Estão confirmadas as presenças dos deputados federais petistas Rubens Otoni e Patrus Ananias.