MENU

CUT celebra 40 anos de luta e resistência

Publicado: 28 Agosto, 2023 - 12h05 | Última modificação: 28 Agosto, 2023 - 12h21

Escrito por: Redação CUT-GO

CUT-GO
notice

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) foi fundada em 28 de agosto de 1983, em plena ditadura militar, lutando pela redemocratização do país. A tarefa inicial era de romper com o modelo econômico, social e político que o Brasil enfrentou de 1964 a 1985, que perseguia e oprimia a toda a população, mas principalmente a classe trabalhadora.

A Central surgiu como uma organização sindical brasileira de massas de caráter classista, autônomo e democrático. Naquele dia, em São Bernardo do Campo, em São Paulo, mais de 5 mil delegados e delegadas aprovavam a criação daquela que é hoje a maior central sindical da América Latina, e a quinta maior do mundo.

Os compromissos da CUT é defender os interesses imediatos e históricos da classe trabalhadora, baseados em princípios de igualdade e solidariedade, para organizar, representar sindicalmente e dirigir a luta dos trabalhadores e trabalhadoras da cidade e do campo, do setor público e privado, ativos e inativos, por melhores condições de vida e de trabalho.

Hoje, já são 3.960 entidades filiadas, 7,9 milhões de trabalhadoras e trabalhadores associados e 25,8 milhões de trabalhadoras e trabalhadores na base. Assim, a CUT está presente em todos os ramos de atividade econômica do país, lutando ainda por uma sociedade mais justa, humana e democrática.