• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

100 dias de injustiça

Ao contrário do que imaginavam seus perseguidores, após todo esse tempo Lula continua a crescer nas pesquisas e a receber apoio de todas as partes do Brasil e do mundo

Publicado: 17 Julho, 2018 - 13h16 | Última modificação: 17 Julho, 2018 - 13h53

Escrito por: Maísa Lima e Frente Brasil Popular

notice

Nesta quarta-feira, 18 de julho completam-se 100 dias da prisão política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ao contrário do que imaginavam seus perseguidores, após todo esse tempo Lula continua a crescer nas pesquisas e a receber apoio de todas as partes do Brasil e do mundo.

Em Curitiba (PR), a Vigília Lula Livre está defendendo a justiça e a democracia no Brasil, exigindo a liberdade do melhor presidente que o País já teve. A resistência se faz presente também em Goiânia (GO), onde, a partir das 17 horas desta quarta-feira (18) haverá uma manifestação para que seja garantido o direito de Lula ser candidato nas eleições presidenciais deste ano.

Também serão comemorados os 100 anos de nascimento do líder popular sul-africano Nelson Mandela. Mandela passou 27 anos na prisão por lutar contra o apartheid, regime de segregação racial que impedia os negros de possuir terra, ter participação política e acesso às profissões mais bem remuneradas. 

Em dezembro de 2013, foi revelado pelo The New York Times que a CIA, a agência norte-americana de inteligência, foi a força decisiva para a prisão de Mandela em 1962, quando agentes americanos foram empregados para auxiliar as forças de segurança da África do Sul a localizá-lo.

Novamente, a influência maléfica da CIA se faz presente, agora sendo Lula a vítima da vez. Ninguém mais duvida que todo o circo do impeachment da presidenta Dilma Rousseff tinha por objetivo entregar o Pré-sal às multinacionais, como de fato está acontecendo. E é sabido que uma vez eleito, Lula vai garantir o Brasil para os brasileiros e restabelecer os direitos que a sanha golpista retirou da classe trabalhadora

Para que o Brasil volte a ser feliz: a partir das 17 horas, na Praça do Bandeirante, esquina das Avenidas Goiás com Anhanguera, no centro de Goiânia!
#LulaLivreJá
#LulaPresidente

carregando